Garantia

Termos e condições da Garantia

 

As peças vendidas têm a garantia legal exigida de 2 anos contra defeito de fabrico, no caso de uso profissional a garantia decresce para 6 meses.

A reclamação de tais defeitos deve ser feita no prazo máximo de 60 dias, para o consumidor particular, e até 30 dias para uso profissional, após tomar conhecimento do defeito. A não denuncia do defeito nestes prazos perde todos os direitos previstos no art.5ºA, nº1 e 2 da Lei das Garantias.

Os trabalhos de reparação executados na nossa oficina ou as peças usadas e/ou recondicionadas têm a garantia de 1 ano. A mesma tem inicio a partir do momento em que o equipamento é retificado e é emitida a fatura.

 

Em caso de avaria, e para podermos averiguar as causas, será imprescindível que:

  • Entre logo em contacto connosco, informando o que ocorreu e, caso seja possível, quais os sintomas que a viatura apresenta, antes de realizar qualquer procedimento no motor.
  • Após a análise será comunicado ao cliente quais as causas da avaria e quais os procedimentos a tomar para reparação das mesmas.

 

 

A garantia cessa quando:

  • Uma vez atingindo os limites legais indicados.
  • Tenha havido intervenção de terceiros que não a nossa oficina.
  • Se prova que a viatura tenha sido sujeita a abuso ou negligencia por parte do cliente.
  • As peças são indevidamente manuseadas ou montadas.
  • As revisões programadas não são feitas nas datas e/ou km aconselhados.

 

A garantia não cobre:

  • Qualquer despesa da imobilização da viatura, óleos, etc.
  • A substituição de peças fornecidas pelo cliente.

 

A Rectificadora de Guimarães reserva-se no direito de não prestar qualquer tipo de serviço de reparação quando, após a análise do motor, verificar que não existe qualquer tipo de solução possível para reparar o motor dentro dos nossos parâmetros de exigência.